Poems From The Portuguese

This is my body

This is my body

The body has steps, all of them steep
thousands of reminders of its own endurances
inheritance, geometry
acollapsethatbegins inside out
and shapes that nobody hears

The body is never the same
even when repeating itself:
whencethisarmtouching the other,
whereofthisintertwiningoflegs
how to reach this foot that I place ahead?

I don’t learn with the body to rise
I learn to fall and to question

© Translated by Ana Hudson, 2012

Isto é o meu corpo

O corpo tem degraus, todos eles inclinados
tem milhares de lembranças do que lhe aconteceu
filiação, geometria
umdesabamentoquecomeça do avesso
e formas que ninguém ouve

O corpo nunca é o mesmo
ainda quando se repete:
deondevemestebraçoquetoca no outro,
deondevêmestaspernasentrelaçadas
como alcanço este pé que coloco adiante?

não aprendo com o corpo a levantar-me,
aprendo a cair e a perguntar

in Estação Central, 2012

No Comments :